Home > Criatividade > RETALHAR, UM DESTINO SUSTENTÁVEL AO DESCARTE DE TECIDOS

RETALHAR, UM DESTINO SUSTENTÁVEL AO DESCARTE DE TECIDOS

Buscando uma solução sustentável ao descarte de roupas, jovens empreendedores transformam uniformes de empresas em matéria prima para outras empresas.


 
Os números não mentem, são 175 mil toneladas de resíduos têxteis produzidos anualmente no Brasil, que acabam em aterros sanitários ou são queimados, e apenas uma pequena porcentagem é reciclada pela indústria do setor. Com criatividade para transformar “lixo” em economia, a Retalhar, criou alternativas para aproveitar ao máximo a vida útil do tecido, gerando empregos e aquecendo a economia solidária, através da reciclagem ou reutilização.

Com o olhar voltado aos uniformes que são descartados pelas empresas, peças em condições de uso e muitas vezes ainda novas, a Retalhar faz o trabalho de higienização e descaracterização após triagem, onde tudo que não é tecido é excluído da roupa, como logotipo, zíper, botão, e são encaminhados para a reutilização ou reciclagem. Esses tecidos podem ir direto para as cooperativas parceiras de costura para a fabricação de novas peças como brindes personalizados para empresas, bolsas, eco bags, capa de notebook/tablets, estojos, e produtos em geral que outras empresas querem, ou podem ser encaminhados para a fábrica onde passam por uma máquina onde são esgarçados e triturados formando flocos de fibras que são usados como matéria prima para cobertores populares, para a construção civil, mantas acústicas, indústria automobilística, podem servir de enchimento para almofadas, estofados e assim são recolados no mercado.
 
 

 
 
São mais de 100 toneladas de retalhos que a empresa recebe de toda a cadeia têxtil, atendendo empresas como TAM, Cia. Hering, Leroy Merlin, Unimed, Fedex, CCR Rodoanel e Panpharma.
 
 

 
 

Podemos ver aqui os primeiros passos em vista do desafio enorme que é para a indústria têxtil ser sustentável, o qual necessita de engajamento, de profissionais qualificados e o principal, ter a preocupação com o meio ambiente e estar ciente que temos impacto direto sobre ele ao consumi-lo.

 
 

Visite a Retalhar

 
 

APRENDA A TÉCNICA DE TINGIMENTO TÊXTIL ARTESANAL E MILENAR JAPONESA- OFICINA PRÁTICA DE SHIBORI ECO FRIENDLY #ECOLAB



 
 

TECNOLOGIA VESTÍVEL: CURSO DE ACESSÓRIOS 3DPRINT INTELIGENTES #FASHIONTECH


 
 

APRENDA A CRIAR E PROGRAMAR TECIDOS ELETRÔNICOS E WEARABLES – OFICINA DE TECNOLOGIA VESTÍVEL PARA CRIAÇÃO DE VESTUÁRIO INTELIGENTE- #FASHIONTECH


 
 

 
 


 

You may also like
DIY- ELA TRANSFORMA ROUPAS VELHAS EM PEÇAS IMPECÁVEIS
10.000 PAPÉIS DE BALAS EM 4 ANOS: VEJA COMO ESSA ARTISTA CONSTRUIU UMA MALHA VESTÍVEL
[SUPER COOL] NIKE LANÇA EMBALAGEM MULTIUSO FEITA DE MATERIAL RECICLADO
GIGANTE RETRATO SUSTENTÁVEL DE JAMES CONWAY FARLEY FEITO COM ROUPAS DE BRECHÓ