Home > Design > SENSOREE: OS TECIDOS FUTURISTAS E A MODA QUE DÁ VOZ AO CORPO

SENSOREE: OS TECIDOS FUTURISTAS E A MODA QUE DÁ VOZ AO CORPO

 

Os tecidos futuristas com tecnologias sensíveis integradas são uma combinação mais do que promissora para o mercado da moda e do bem-estar. É com esse pensamento que a Sensoree faz roupas com funcionalidades sensíveis que estreitam a relação entre o homem e a máquina, e aumentam a proximidade, a intimidade, a telepatia, a intuição e o humor entre ambos. Estamos falando de tecnologia wearable, que dá voz ao corpo, comunica e diverte.

 
 

 
 

Por meio do que vestimos, a Sensoree utiliza a tecnologia para fazer com que estejamos mais perto de nós mesmos. Isso é possível graças a integração de sensores nas roupas, que monitoram o corpo e exibem dados em tempo real. Tal tecnologia permite, por exemplo, que pessoas com autismo tenham suas sensações mensuradas em tempo real para fins médicos. Fundada pela biomédica Kristin Neiflinger, o design lab começou como uma pesquisa de design de mestrado no California College of the Arts, com objetivo de utilizar a tecnologia vestível para auxiliar pessoas com TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade) e autismo. A ideia era projetar uma nova linguagem de inteligência corporal. São como os óculos de grau que melhoram o sentido da visão, só que de uma forma muito mais precisa e avançada, totalmente baseada em dados real time.

 
 

 
 

Entre seus projetos, a Sensoree também desenvolveu uma tecnologia de moda biorresponsiva chamada Biomedia Terapêutica, que simplesmente traduz sentimentos e os exibem por interfaces visuais, táteis e auditivas. Tudo isso com conectividade IoT (Internet das Coisas).

 
 

 
 

Os tecidos futuristas da Sensoree são compostos de materiais sustentáveis, com acabamentos perfeitos e funcionais, além de bordados eletrônicos e impressão 3D. Os trabalhos da empresa são apresentados tanto na moda quanto na área da tecnologia e saúde, passando também por museus e plataformas visionárias.

 


“O futuro é íntimo. Queremos estar mais perto de nós mesmos”- Kristin Neidlinger

 
 

Se você está ligado no futuro, não deixe de explorar o campo Fashion Tech (moda x tecnologia), a inteligência de produtos conectados ao corpo estão alinhados ao futuro do mercado. Participe em Agosto e Setembro do Workshop de Tecnologia Vestível 2 em 1: Introdução aos Wearables/ Tecidos Eletrônicos + Internet das Coisas aplicada ao Design de Moda/Produto.
 
 

APRENDA A CRIAR E PROGRAMAR TECIDOS ELETRÔNICOS E WEARABLES – OFICINA DE TECNOLOGIA VESTÍVEL PARA CRIAÇÃO DE VESTUÁRIO INTELIGENTE #FASHIONTECH

 
 

Todas as imagens da Sensoree. Todos os direitos reservados.

 
 
 

Conheça novas técnicas de tingimento e estamparia artesanal, eco amigáveis e slow fashion na produção de acessórios, vestuário e artigos de decoração na Oficina de Estamparia Botânica- Eco Print para a criação de padrões em tecidos com corante natural. Dia 25 de Agosto em São Paulo. Inscreva-se.

 

APRENDA A TÉCNICA DE TINGIMENTO NATURAL, ARTESANAL E MILENAR JAPONESA- OFICINA PRÁTICA DE SHIBORI ECO FRIENDLY #ECOLAB



 
 


 

You may also like
CONECTE, EXPLORE E MARQUE PONTOS COM ESSA COLEÇÃO SMART
ADIDAS LANÇA EDIÇÃO LIMITADA QUE SE CONECTA AO SPOTIFY
OS INCRÍVEIS CRISTAIS CULTIVADOS EM TECIDOS ELETRÔNICOS
TRICÔ X CIÊNCIAS- UMA VERDADEIRA ARTE ESCULTURAL