| envie seu trabalho |seja colaboradorx |
Home > 3D > AS FABULOSAS ROUPAS IMPRESSAS EM 3D DE JULIA DAVIY

AS FABULOSAS ROUPAS IMPRESSAS EM 3D DE JULIA DAVIY


Fotografia de Vita Zamchevska

 

Julia Daviy, designer e desenvolvedora de vestuário 3D, utiliza a tecnologia de impressão 3D para criar roupas totalmente flexíveis e vestíveis para mulheres, e dar autonomia de personalização com infinitas possibilidades de design. A visão de Julia Daviy sobre a impressão 3D na indústria da moda está na vanguarda: ela acredita que essa tecnologia representa uma transformação por completa no sistema de produção de vestuário, ajudando a eliminar a exploração de mão de obra e fazendo com que os trabalhadores saiam dos ateliês e fábricas para produzir com seus próprios equipamentos de impressão 3D para suas comunidades locais.

 
 


Fotografia de Vita Zamchevska


Fotografia de Vita Zamchevska

 
 

A coleção de moda desenvolvida por Julia Daviy é composta por peças extremamente delicadas, feitas em grande escala e com altissímo nível de qualidade para a moda. O processo criativo passa por 3 estágios e visa utilizar o mínimo possível de trabalho manual: o primeiro estágio consiste em criar o design da peça em software, seguido pela impressão na impressora 3D de larga escala tipo industrial, e finalmente o pós processamento e montagem final. Ao usar um formato grande de impressão o trabalho manual automaticamente diminui, e assim a designer utiliza três tecnologias principais para alcançar resultados perfeitos: 3D, FDM e SLA, enquanto a montagem é feita sem fios ou colas, apenas com a tecnologia de impressão 3D manual. E após muitos testes e experimentações de softwares e hardwares as roupas 3D tomaram forma, sendo finalmente flexíveis e fáceis de usar, combinando diferentes filamentos com regulagem de espessura, forma, padrão e cor para que não deixem a desejar na estética e nem na funcionalidade. Alguns dos destaques na coleção de Julia Daviy é a renda impressa em 3D, o substituto do couro animal e o uso de PLA – material biodegradável e elástico. Confira abaixo 8 looks de Julia Daivy impressos em 3D:

 
 

The Polka Dot Exoskeleton Dress- vestido clássico em 3D com bolinhas tridimensionais inspirado por exoesqueletos de ouriços do mar. Fotografia de Olya Helga.

 

 

The Parametric Coral Pleated Dress – vestido para ocasiões especiais, com estrutura paramétrica e inspirado em recifes marinhos. Fotografia de Olya Helga

 

 

The Parametric Skin Suit: – padrões tridimensionais semelhantes a pele de cobra, inspirado nas peles de animais marinhos. Fotografia de Olya Helga

 

 

The Pure Nature Suit – saia com padrões orgânicos, terno flexível e forro de tecido ecológico feito a partir de redes de pesca recicladas. Fotografia de Olya Helga

 

The Lace Mini Skirt – a 1ª saia de renda impressa em 3D no mundo. Fotografia de Olya Helga

 

 

The Fragility Dress – vestido de seda decorado com padrões 3D e impressos em uma impressora 3D SLA. Fotografia de Olya Helga

 

The Parametric Black Ocean Dress – vestido impresso em 3D manual, com mix de filamentos TPU e PLA. O objetivo é chamar a atenção para problemas no oceano como matança de predadores, morte de recifes e poluição. Fotografia de Olya Helga

 


The Pink Coral Neon Skirt – saia lápis impressa em 3D, padrões inspirados em peixes. Fotografia de Olya Helga

 
 

Além da impressão 3D oferecer uma nova experiência e inúmeras novas possibilidades para o design de moda, permitindo alcançar resultados até então impossíveis por métodos tradicionais, a tecnologia também pode ser uma solução sustentável contribuindo para a redução da poluição química, diminuindo o consumo de energia, eliminando desperdícios, a crueldade e a exploração. Partindo desse princípio e preocupada com questões éticas e ambientais na moda, Julia começou a fazer parte dessa nova era que está remoldando a indústria fashion.

 
 


Fotografia de Vita Zamchevska


Fotografia de Vita Zamchevska

 
 

Outra grande visão de Daviy é tornar simples e acessível o software de impressão 3D para que todos consigam criar e personalizar roupas, até mesmo abrindo suas portas para que as pessoas possam imprimir peças e recebê-las em casa.

Saiba mais detalhes revelados por Julia Daviy em entrevista exclusiva concedida a Divaholic:

 

(Divaholic) – Qual é a ideia por trás do seu projeto? Como surgiu a impressão 3D em sua vida?
(Julia Daviy): Meu fascínio pela impressão 3D começou no início de 2016 quando eu tinha uma década de experiência em tecnologia limpa, inovando com soluções para problemas ambientais causados ​​pela indústria. Sou co-fundadora do Green Economy Institute na Europa Oriental e membro do conselho de algumas outras organizações no campo da tecnologia limpa. Vi na impressão 3D uma solução para problemas ambientais e éticos na moda.
 

(Divaholic) – Você tem outros membros em sua equipe?
(Julia Daviy): Meu parceiro da vida é um grande engenheiro, que ficou fascinado com os meus resultados iniciais, e depois fomos descobrindo como reestruturar as impressoras 3D. Recentemente minha equipe se tornou mais ampla – tenho um ótimo desenvolvedor de TI com um amplo portfólio de projetos complexos e um ótimo especialista com muitos anos de experiência em modelagem e fabricação de roupas industriais.
 

(Divaholic) – Quais habilidades são necessárias para começar a trabalhar com impressão 3D?
(Julia Daviy) : Conhecimento de software e hardware, conhecimento e experiência para trabalhar com programas do tipo CAD. Grande parte do conhecimento é específico quando falamos de roupas impressas em 3D. Muitas pessoas subestimam o número e o nível de cada etapa, mas com o atual nível de desenvolvimento de impressão 3D não será tão fácil para os designers de moda adotarem essa tecnologia.
 

(Divaholic) – Qual foi o maior obstáculo para imprimir roupas 3D vestíveis?
(Julia Daviy): Existem muitos obstáculos. Eu queria criar roupas suaves e flexíveis, que fossem usadas no dia a dia (não só para sessões de fotos ou passarelas). Eu também queria excluir o trabalho pesado, e ao mesmo tempo queria usar a tecnologia ecológica e segura de impressão 3D (existem 3 principais tecnologias de impressão 3D).
 

(Divaholic) – Quais são as suas maiores conquistas até hoje?
(Julia Daviy): Com a reengenharia de impressoras 3D de grande escala e com a metodologia do processo de produção de roupas desenvolvido por mim, consegui criar toda a coleção de roupas impressas em 3D flexíveis e vestíveis.
 

(Divaholic) – O que significa o movimento Fashion Tech para você?
(Julia Daviy): Essa é uma grande oportunidade de resolver os problemas da indústria da moda e criar uma era inteiramente nova que excluirá a escravidão, o abuso de animais e a poluição ambiental.
 

(Divaholic) – Qual peça da sua coleção é mais especial para você?
(Julia Daviy): A criação de cada peça de roupa da Coleção Liberation foi uma nova lição. Atualmente a minha peça preferida é o vestido Parametric Coral Pleated, pois é simplesmente impossível criar um vestido assim se não for com a impressão 3D em grande escala.
 

(Divaholic) – O que você considera a maior tendência revolucionária no futuro da indústria da moda?
(Julia Daviy): Há algumas tendências e elas estão interligadas, como escolhas inteligentes para o guarda-roupa, com
exclusão de artigos de fast fashion, pele animal, couro e outras crueldades, mudança do papel das roupas que estão se tornando inteligentes, libertação de milhões de mulheres que trabalham na indústria do vestuário, e a tendência geral que é frequentar cursos sobre uma indústria da moda inteligente, sustentável e livre de crueldade
 

(Divaholic) – Onde você encontra inspiração e referências para criar com impressão 3D?
(Julia Daviy): Em outros seres vivos, superfícies naturais e processos. Essa é uma enorme e ilimitada fonte inspiracional.
 

(Divaholic) – Como inovar com tecnologia e moldar uma nova era em um momento em que tudo muda constantemente?
(Julia Daviy): Definitivamente, precisamos estar abertas a novos aprendizados e nos tornarmos um processo de mudança constante. Meu hábito é aprender algo novo todos os dias. Não pare! Eu vejo muitos potenciais para soluções complexas de resolução de problemas e inovação com o Design Thinking. A ciência ambiental também é algo que deve ser explorado pois nos dá uma compreensão profunda de causas e efeitos. Considero que esse é um must-have para todos os designers de hoje.
 
 

CONTEÚDO ORIGINAL DIVAHOLIC.
Informações e imagens concedidas por Julia Daviy. Todos os direitos reservados.

 
 

 
 

Se você procura por novos conhecimentos, inovação e soluções para a moda e design de produtos, não perca a oportunidade de participar do Bootcamp Fashion Tech que traz dois cursos de tecnologia wearable, com conhecimentos em softwares, hardwares, materiais condutivos e linguagem da programação para integrar novas funcionalidades e tecnologia no vestuário/acessórios.
 


 

APRENDA A CRIAR E PROGRAMAR TECIDOS ELETRÔNICOS E WEARABLES – OFICINA DE TECNOLOGIA VESTÍVEL PARA CRIAÇÃO DE VESTUÁRIO INTELIGENTE #FASHIONTECH


 

CURSO BIO DESIGN: APRENDA A USAR A MICROBIOLOGIA PARA PRÁTICAS E MATERIAIS SUSTENTÁVEIS NA MODA #BIOFASHION


 

You may also like
CONHEÇA A PRIMEIRA GARRAFA PURIFICADORA DE ÁGUA DO MUNDO
DIVERSÃO VESTÍVEL: TOQUE INSTRUMENTOS MUSICAIS NA SUA CAMISETA
ESSE SUÉTER AVISA QUANDO O AR ESTÁ POLUÍDO
BLOCKCHAIN DE PULSO: USE SUAS CRIPTOMOEDAS COM ESSA PULSEIRA