| envie seu trabalho |seja colaboradorx |
Home > Design > O UNIVERSO DOS TECIDOS IMPRESSOS EM 3D PARA A MODA

O UNIVERSO DOS TECIDOS IMPRESSOS EM 3D PARA A MODA

A impressão 3D está reinventando os têxteis, permitindo que as mentes criativas rapidamente traduzam seus projetos com novas estruturas e materiais. Já é possível imprimir projetos ambiciosos com o silicone, o plástico PLA – um poliéster termoplástico feito com ácido lático composto de fontes renováveis como milho, mandioca, beterraba, assim sendo biodegradável e reciclável – ou com o plástico flexível TPU que é novidade para a indústria têxtil, e associá-los as roupas. Combinar diferentes tipos de tecidos com a impressão 3D, substituir o tecido pelo plástico flexível, ou montar uma malha em pequenos fragmentos articulados é uma forma de explorar novas facetas na moda e propor uma nova visão no setor têxtil.
 
 

 
 
Uma das possibilidades de criar novos têxteis interessantes é mesclar o tecido com desenhos impressos em 3D. Testes com malha, renda, tule, nylon e algodão já foram feitos, e alguns experimentos funcionaram e outros não. Com uma impressora 3D e filamentos TPU ou PLA pode-se criar quase tudo, inclusive texturas e construir superfície têxtil. Para isso, técnicas diferentes são utilizadas dependendo do tecido, como perfurar a superfície do tecido com corte a laser e coloca-lo entre as camadas de filamento impresso para fixar, ou tecidos revestidos com polímero em que o filamento aquece o revestimento e adere a ele. Essas técnicas tem grande potencial para fazer peças bonitas e práticas.
 
 

 

 
 
Outro direcionamento é imprimir, literalmente, uma espécie de tecido semelhante a malha, com o entrelaçar dos fios, em formas geométricas, pouco flexível e articulado. Projetos instantâneos estão disponíveis no My Mini Factory para que qualquer pessoa faça o download e imprima o seu próprio tecido em 3D.
 
 


 

 
 
Softwares de modelagem 3D permitem que roupas inovadoras e customizadas sejam criadas para se adequar perfeitamente ao corpo. Inclusive a modelagem 3D na moda para a impressão 3D se assemelha mais a modelar um edifício arquitetônico do que a modelagem de roupas em tecido. É só transcrever as medidas para o software e modelar o que tiver em mente. Com o TPU, plástico flexível, roupas com as formas mais incomuns podem ser projetadas mantendo a flexibilidade do tecido. Esse material é uma tecnologia termoplástica de poliuretano para sinterização seletiva a laser (SLS), altamente flexível.
 
 

 
 

A XYZ Workshop criou o vestido inBloom em uma impressora Ultimaker 3D, com o plástico PLA, reinventando a paisagem da moda através da impressão 3D. O inBloom levou 450 horas de impressão, US$103,50 de filamento, 1,7 kg de PLA flexível 2,85mm, em 213cm de comprimento, e o tecido foi criado a partir de uma malha com desenho floral geométrico. O projeto está disponível para download gratuito no YouMagine.
 
 


 

 
 

Empresas como a Sculpteo surgem para oferecer serviços online de impressão 3D customizada de alta definição, com fabricação em curto prazo e qualidade. Peças e protótipos podem ser impressos em mais de 75 materiais e acabamentos, você escolhe. Para iniciantes eles sugerem uma lista de softwares de modelagem 3D e tutoriais gratuitos para que você crie e envie seu arquivo 3D. A Sculpteo tem como clientes: estilistas, designers e empresas de design em geral.
 
 


 
 
A união das últimas tendências com as recentes tecnologias permite que você esteja sempre um passo a frente dos concorrentes.
 
 

 
 

TECNOLOGIA VESTÍVEL: CURSO DE ACESSÓRIOS 3DPRINT INTELIGENTES #FASHIONTECH


 

You may also like
CONHEÇA A PRIMEIRA GARRAFA PURIFICADORA DE ÁGUA DO MUNDO
DIVERSÃO VESTÍVEL: TOQUE INSTRUMENTOS MUSICAIS NA SUA CAMISETA
A NOVA ERA DOS BIO TECIDOS (PARTE 2)
MADE IN KOREA: O DESIGN MINIMALISTA DO STUDIO AZURE