| envie seu trabalho |seja colaboradorx |
Home > Sustentabilidade > COMO É FEITO O TECIDO NATURAL DA SEDA? UM PROCESSO MÁGICO OU CRUEL?

COMO É FEITO O TECIDO NATURAL DA SEDA? UM PROCESSO MÁGICO OU CRUEL?

Um dos tecidos mais nobres do mundo, símbolo de elegância e historicamente um item de luxo usado pelas classes altas, é a seda. O fio da seda é extremamente fino e resistente, o qual passa por um longo processo natural e manual até se formar, e depende diretamente de larvas de insetos como o bicho da seda que alimentam-se de folhas de amoreira e tecem os seus casulos que ao se desfazerem dão origem ao fio. A seda é a própria fibra proteica, chamada fibroína, que os bichos da seda produzem para fazer seus casulos. Pode levar até 40 horas para fazer meio quilo de seda, e isso pode custar a morte de milhares de bichos da seda.
 
 

Imagem: Damaris Vasques

 
Como é o bicho da seda:

 
 

Esse é um processo natural e mais sustentável para tecidos, porém com uso animal, mais precisamente os invertebrados, insetos. A produção da seda pode ser feita por inúmeros insetos como mariposas, grilos, abelhas, vespas, formigas, moscas, cigarras, e até aranhas. Para os têxteis geralmente é usada a seda das lagartas da mariposa criadas em cativeiro, por um processo chamado de sericicultura- uma ciência antiga e precisa que não passou por grandes mudanças com os tempos modernos. Talvez a sericicultura soe um pouco cruel ao cozinhar os bichos em água fervente dentro de seus casulos e até mesmo esmagar as mariposas depois que elas põem os ovos- as mais saudáveis são selecionadas para reproduzir mais ovos. Há também as sedas silvestres produzidas por lagartas que não são o bicho da seda, e obviamente em escala muito menor do que as cultivadas. As sedas silvestres existem desde a antiguidade e são muito conhecidas e usadas na Ásia e Europa. As diferenças entre a seda cultivada e a silvestre são as cores, texturas, uniformidades, e comprimento reduzido do fio para a fiação têxtil nas silvestres, enquanto nas cultivadas o fio é na cor branca, o fio é contínuo, o tecido mais forte e de fácil tingimento.

 
 

Imagem: Damaris Vasques

 

O minucioso processo de produção da seda:

 

 

 
 

Atualmente é possível encontrar opções de seda livres de crueldade, sem o uso animal, e sustentáveis. São as sedas veganas desenvolvidas através da biotecnologia: Rayon e Lyocell (registrada como Tencel®) imitam a estética, sensação e a elegância da seda, super confortáveis e fáceis de tingir. Além de se misturarem bem com outras fibras elas são biodegradáveis, feitas a partir de recursos renováveis como o bambu e eucaliptos.

 
 

 
 

Curiosidades sobre o tecido de seda pelo mundo: ela foi desenvolvida pela 1ª vez na China e vista em túmulos para embrulhar os corpos em 3630 aC. Na era antiga a seda da China era o produto mais lucrativo, procurado e comercializado pelo continente. Na Índia ela também tem uma longa história, e é onde está a maior produção de seda no mundo depois da China. Durante todo o ano o tecido de seda é produzido na Tailândia, que utiliza dois tipos diferentes de bicho da seda, os Bombycidae cultivados e os Saturniidae selvagens. Os fios são enrolados a mão e produzem 3 tipos de seda, das mais leves a mais grossas. A seda tailandesa utiliza padrões detalhados com variedade de cores e estilos.

 
 

Imagem: KV Kumar Silk Sarees

 
 

 

Curso Biofashion: Biodesign para Moda Sustentável. Serão apresentadas e discutidas potenciais ideias sustentáveis e soluções BIO para o segmento de moda. Faça sua matrícula aqui ou envie um email para oi@divaholic.com.br

 
 

Conheça novas técnicas eco amigáveis e slow fashion na produção de acessórios, vestuário e artigos de decoração na Oficina de Estamparia Botânica- Eco Print para a criação de padrões em tecidos com corantes de plantas. Inscreva-se.

 
 

APRENDA A CRIAR E PROGRAMAR TECIDOS ELETRÔNICOS E WEARABLES – OFICINA DE TECNOLOGIA VESTÍVEL PARA CRIAÇÃO DE VESTUÁRIO INTELIGENTE- #FASHIONTECH

 

Please enter banners and links.

You may also like
1º MUSEU INTERATIVO DEDICADO A MODA INOVADORA E SUSTENTÁVEL
BIODESIGN E BIOMIMÉTICA: A EVOLUÇÃO E REVOLUÇÃO NA MODA
A NOVA ERA DOS TECIDOS DE FIBRAS DE FRUTAS (PARTE 1)
AQUI TODOS OS VESTIDOS SÃO FEITOS COM TECIDOS DE DEADSTOCK #ECOFASHION