Home > E-textiles > TEK-TILES: CRIAÇÃO DE 30 TECIDOS INTELIGENTES INCORPORANDO TECNOLOGIA

TEK-TILES: CRIAÇÃO DE 30 TECIDOS INTELIGENTES INCORPORANDO TECNOLOGIA

Conceitos tecnológicos para roupas estão sendo explorados pelo Instituto Pratt através do Brooklyn Fashion e Design Accelerator, um espaço que oferece as startups recursos para estabelecer negócios bem sucedidos.


 

Através do projeto TEK-TILES, um grupo de designers e pesquisadores experientes estão explorando inovadoras maneiras de fabricar roupas inteligentes e tecidos funcionais. Para isso a meta é a criação de 30 TEK-TILES, ou seja, amostras de tecidos que foram ativados com fios condutores, nanofibras, e até mesmo novos materiais. Apesar do foco ser incorporar tecnologia nos têxteis há uma grande preocupação em desenvolver tecnologia responsável, de olho nas consequências ambientais e éticas que isso pode causar, como quem terá acesso aos dados coletados pelos sensores incorporados as roupas e quão difícil é ter acesso a isso.
 
 

 
 
Entramos em uma nova era de tecnologia de materiais, que está impactando as funções que as roupas tem e como os produtos se comunicam com nós seres humanos. Roupas que mudam de cor ou forma, padrões de tecidos controlados por um smartphone ou acessórios que compartilham informações do nosso corpo, são algumas das possibilidades a serem trabalhadas pelo TEK-TILES, combinando componentes eletrônicos, fios condutores, sensores, LEDs e baterias, com os têxteis de diferentes tipos, sintéticos e fibras naturais. A segunda parte do projeto é continuar essa exploração ao lado de organizações parceiras com foco em monitoramento, conexão e ativação dessa tecnologia para as roupas, com conceitos que correspondem as necessidades humanas.
 
 


 
 

30 tecidos inteligentes estão sendo criados, projetando interações para torna-los mais interessantes e incorporando itens que até então só são usados em eletrônicos, como botões, touchscreen ligados as roupas. As amostras estão sendo produzidas com uma máquina digital de tricotar, da Brooklyn Fashion e Design Acellerator, que faz peças inteiras de uma vez, sem a necessidade de costurar várias partes separadas.
 
 


 
 

Para desenvolver têxteis inteligentes ou tecidos eletrônicos é necessário trabalhar com a interdisciplinariedade, integrando conhecimento, habilidades e métodos, incluindo design de moda, ciência de materiais, engenharia, programação, robótica.
 
 

 
 
Os conceitos do TEK-TILES serão exibidos no Museu Queens, de 5 de outubro a 15 de dezembro de 2017.

 

APRENDA A CRIAR E PROGRAMAR TECIDOS ELETRÔNICOS E WEARABLES – OFICINA DE TECNOLOGIA VESTÍVEL PARA CRIAÇÃO DE VESTUÁRIO INTELIGENTE- #FASHIONTECH


 
 

APRENDA A TÉCNICA DE TINGIMENTO TÊXTIL ARTESANAL E MILENAR JAPONESA- OFICINA PRÁTICA DE SHIBORI ECO FRIENDLY #ECOLAB



 
 

TECNOLOGIA VESTÍVEL: CURSO DE ACESSÓRIOS 3DPRINT INTELIGENTES #FASHIONTECH


 
 


 
 

Fonte: Tek-Tiles

 
 

You may also like
MUSEU DE IMPRESSÃO 3D NA EDUCAÇÃO E CULTURA
KINO, O MINI ROBÔ VESTÍVEL E MULTI TAREFAS
TECNOLOGIA VESTÍVEL E INCLUSIVA A FAVOR DOS DEFICIENTES VISUAIS
O NOVO TÊNIS EXCLUSIVO PARA ASTRONAUTAS