| envie seu trabalho |seja colaboradorx |
Home > Estilo > A TRAJETÓRIA DAS ROUPAS DE ESQUIAR NA HISTÓRIA DA MODA

A TRAJETÓRIA DAS ROUPAS DE ESQUIAR NA HISTÓRIA DA MODA

Toda prática de esportes envolve também o melhor traje a vestir para otimizar o seu desenvolvimento. É nesse momento que a moda se faz presente com diferentes estilos, designs e materiais. No ski não seria diferente, e ao longo da história as roupas para a prática desse esporte foram mudando influenciadas pelas tendências da época, pelos eventos históricos, culturais, sociais, e pelo aparecimento de novos materiais. Confira abaixo, em uma série ilustrativa, a trajetória da moda icônica de ski, desde o estilo formal de 1910, passando pelos elegantes anos 60, e os neons dos anos 80.
 
 

Saias longas, casacos pesados e chapéus, essas foram as primeiras roupas para as mulheres esquiar em 1910, uma moda até então inexplorada. Antes disso o ski era considerado um esporte dominado por homens.
 

As calças de esquiar na década de 20 tornou-se uniforme para as mulheres, apesar de ainda ser considerado escandaloso o seu uso no dia a dia. Aos poucos a formalidade da moda para esquiar foi sendo tomada pela funcionalidade, e isso ganhou força com as primeiras Olimpíadas de Inverno em 1924.
 

Apesar das roupas ainda serem feitas de lã grossa, começaram a surgir experimentos com roupas impermeáveis. Os esquiadores começaram a procurar por roupas mais justas para movimentos mais fáceis e rápidos para melhorar a aerodinâmica. Nessa década as jaquetas começaram a ser mais justas com a cintura marcada, as calças com modelagem mais fina, e os chapéus deram lugar ao gorro pontiagudo.
 

Maior variedade de cores e estampas foram surgindo na década de 40. Seguindo a moda da época, lenços elegantes eram usados no lugar do chapéu junto com óculos de sol grandes.
 

Tecidos mais leves e que mantém o calor começaram a ser experimentados, deixando as lãs pesadas para atrás. Roupas mais leves e ajustadas ao corpo, e o aparecimento do poliéster em 1953. O óculos grande peculiar virou acessórios popular.
 

O glamour dos anos 60 aparecem na moda de esquiar, inspirada nas estrelas de Hollywood como Audrey Hepburn. A combinação de cores suaves com o preto era a escolha dessa época, calças finas, elegantes jaquetas acompanhadas de cachecóis e óculos com armação larga. O spandex foi inventado em 1960 dando inicio a moda que estava por vir.
 

As cores vibrantes, o brilho, as peles falsas, e as estampas ousadas dos psicodélicos anos 70 apareceram também nas roupas de esquiar. A lã foi praticamente eliminada do design dessas roupas com o uso de materiais sintéticos.
 

Pode-se dizer que a moda icônica foi a dos anos 80. Cores neon, estampas geométricas e os cabelos compridos, combinados em macacões ou calça stretch. Foi uma das épocas mais brilhantes.


 

As cores vibrante dos anos 80 continuaram nos anos 90, sem haver muita diferença entre as duas décadas. As leggings cintura alta eram a tendência da época, e claro que apareceram no design das roupas de esquiar. Esse foi um momento em direção a sofisticação.


 

Os anos 2000 foi o início do típico traje de esquiar da atualidade. 2 peças, calças justas, jaquetas quentes, combinação de cores e peles artificiais em um visual descontraído e elegante, pronto para ser compartilhado nas redes sociais.

 
 

Firefly Colection- Cold Couture

 
 

 
 

CURSO BIO DESIGN: APRENDA A USAR MICROBIOLOGIA PARA MODA SUSTENTÁVEL #BIOFASHION


 
 

APRENDA A CRIAR E PROGRAMAR TECIDOS ELETRÔNICOS E WEARABLES – OFICINA DE TECNOLOGIA VESTÍVEL PARA CRIAÇÃO DE VESTUÁRIO INTELIGENTE #FASHIONTECH


 
 

You may also like
A MODA NO INÍCIO DO SÉCULO XX EM VERSÃO COLORIDA
SPFW: OSKLEN APRESENTA COLEÇÃO COM MATERIAIS SUSTENTÁVEIS E RECICLADOS
FOTOS DA MODA PARISIENSE PUBLICADAS ENTRE 1900 E 1910
LFW- MARCA APRESENTA DESIGN FUTURISTA DENTRO DE UM PUB EM LONDRES